LUANNA JIMENES

artista performática

Em fevereiro de 2019, no ATRAVES\\, Luanna Jimenes participa da criação das peças de divulgação e documentação da exposição – PASSADO/FUTURO/PRESENTE no MAM SP, uma mostra de arte contemporânea feita por artistas brasileiros.

Ela trabalha como assistente criativa, pesquisando e  cuidando de todos os textos criados para o registro do processo.

Em março de 2017, Luanna Jimenes participa do  TIMELESS, um laboratório criativo com os criativos da 3yz que ocuparam o ATRAVES\\ e foram provocados, inspirados e confrontaram novas perspectivas e olhares para o TEMPO.

Ela apresenta uma performance inspirada pelo tema.

Em novembro de 2017, a experiente artista performática Luanna Jimenes volta ao ATRAVES\\ para desenvolver seu próximo trabalho de performance e audiovisual.

O trabalho, uma performance gravada e editada em forma de video-arte, aborda a situação dos imigrantes africanos que vivem na região central de São Paulo.

“Para mim, ser artista é se arriscar e sair do seu lugar, propor ir de encontro. O encontro é um desmanchar fronteiras, desmoronar paredes. Uma constante desconstrução.”

“A prática artística transforma você inteiro. No jeito de se perceber, de falar de si. Todos que vieram aqui tiveram maneiras diferentes de se ligar às artes.”

Em sua primeira participação no ATRAVES\\ em agosto de 2016, Luanna desenvolveu estudos e preparações para uma série de performances.

Partindo da vontade de investigar as potencialidades do corpo para desautomatizar ações corporais cotidianas, a performer passou 20 dias imersa para compor a performance tríptica “A FLORESTA, JUPITER E O ESPELHO”.

Luanna Jimenes nasceu em 1980 em São Paulo, SP. Formada em artes cênicas na UNICAMP (2003), em danças brasileiras no curso de formação do bailarino Antonio Nóbrega, no Instituo Brincante (2006) e em dança contemporânea no Centro em Movimento em Lisboa, Portugal (2013). Atuou em espetáculos de teatro e seriados na televisão. Desde 2008 atua no núcleo de performances da Galeria Mezanino, criando proposições para a dança em espaços específicos.

Suas principais realizações são: Jardim de Ondina, na instalação Acquabox 2011, exposição Parahaus; Mil Pássaros, intervenção em espaço público com caracterização do maquiador Westerley Dornellas, de 2008 a 2013 com apresentações no Brasil, Suécia e Portugal; Dançando na Janela da Gloria, intervenção urbana em dança, na exposição Performances da Memória, Galeria Mezanino em 2013; Encarnado, resultado da residência artística em Ourique, Portugal, em 2014, com apresentação em Portugal, além de experimentações como instalação na Galeria Mezanino e apresentação cênica em Goiânia, GO, no Seminário de Cultural Visual da Universidade Federal de Goiás em 2015 e unidades do SESC em São Paulo em 2015 e 2016.

NO ATRAVES.ART.BR

Premium WordPress Themes Download
Download WordPress Themes Free
Download WordPress Themes Free
Download Best WordPress Themes Free Download
ZG93bmxvYWQgbHluZGEgY291cnNlIGZyZWU=
download karbonn firmware
Download WordPress Themes
online free course